escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Gratidão
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Gratidão

 

Pastor Benedito Sérgio Lourenço

 

“Que a paz de Cristo seja o juiz em seus corações, visto que vocês foram chamados a viver em paz, como membros de um só corpo. E sejam agradecidos.”

(Cl 3.15).

 

No texto de Colossenses 3, versos 12 a 17, vemos as três principais marcas do cristão para se vivenciar a Gratidão. A primeira é o Perdão: “Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros”. Sem a pratica desta verdade não haverá meios de convivência em nenhum lugar, nem no corpo de Cristo e nem principalmente no lar. O perdão precisa ser exercido em todos os relacionamentos, pois somos imperfeitos e lidamos com pessoas imperfeitas.

A segunda marca é o Amor, que é o elo perfeito. O amor é uma roupa que precisa ser vestida todos os dias. Com o amor podemos ter certeza que o elo nos relacionamentos terão perenidade, respeito e alegria.

A terceira marca é a paz, que arbitra as escolhas do coração, uma vez, que fomos chamados para viver em paz. Sem o perdão, sem o amor e sem a paz de Cristo nunca haverá gratidão no coração.

Normam Vincent Peale, conferencista americano, afirmou que “ser agradecido faz todas as coisas melhores”. Pessoas murmuradoras parecem atrair penúria e escassez para suas vidas, ao passo que pessoas gratas tendem a se tornar eficientes e bem sucedidas naquilo que realizam.

Creio que pessoas agradecidas focalizam nos alvos, oportunidades, naquilo que é melhor, enquanto que os que não são agradecidos, que andam pelas ruas da reclamação, da lamentação e do descontentamento focalizam no lado ruim da vida. Pessoas descontentes e ingratas tendem a se isolar e a encontrar dificuldade em encontrar parceiros e amigos.

Ninguém sente prazer em estar ao lado de gente mau-humorada e negativista. Pessoas assim arrastam suas vidas com grande dificuldade e transformam a convivência em algo pesado e complexo. A ingratidão é um câncer na alma.

Grandes homens vivem encharcados de sonhos e projetos. Olham além de si mesmos, compartilham sua vida, reconhecem os outros e os apreciam. Paixão e contentamento tornam-se marcas de suas vidas. Seus sonhos inspiram e os levam à obtenção de seus alvos.

Dostoievsky, um escritor russo afirmou que “gratidão é a memória do coração”. Pessoas gratas foram tocadas na sua memória e afetos. Uma definição do poeta Moacir Bastos é igualmente sugestiva: “Gratidão é o amor contemplando o passado”. Gente grata tem memória para reconhecer aqueles que o ajudaram. É capaz de expressar e revelar isto. Nestas duas definições vemos a dimensão de um coração que focaliza no bem recebido e naquele que trouxe o bem e que não esquece de expressar o sentimento que o acompanha.


Você está aqui: Devocionais Pr. Sergio Lourenço Gratidão