escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Relacionamento com Deus
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Relacionamento com Deus

Pr. Benedito Sergio Lourenço

"Depois de dizer isso, Jesus olhou para o céu e orou: Pai, chegou a hora. Glorifica o teu Filho, para que o teu Filho te glorifique. Pois lhe deste autoridade sobre toda a humanidade, para que conceda a vida eterna a todos os que lhe deste. Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste" (João 17:1-3).

Jesus, nesta oração, passa expressamente da comunhão que tem com seus discípulos para a comunhão que tem profundamente com seu pai. É bom enfatizar que esta comunhão com o Pai existe desde a eternidade, por causa do relacionamento entre a trindade. Assim também é o amor D'Ele pelos discípulos e para o bem e o favor deles.

Jesus ora para que seja glorificado. Ninguém, a não ser o Pai, pode glorificá-lo com tanto conhecimento e intimidade. A cruz será o instrumento desta glorificação. Jesus ora para que possa aceitá-la de forma a glorificar o Pai também. Esta troca de glorificação entre o Pai e o Filho mostra o nível de relacionamento profundo e íntimo entre Eles.

Deus tem interesse em relacionar-se profunda e intimamente com sua Igreja da mesma maneira. Relacionar-se com Deus é o mesmo que ter intimidade com Deus. A característica mais forte do relacionamento com Deus é a intimidade com Ele.

Jesus expressa nesta oração que a vida eterna é que os discípulos e a Igreja conheçam a Deus com intimidade. Conhecimento de Deus não é uma simples questão de saber ou de compreensão intelectual. Tal conhecimento envolve um relacionamento pessoal.

O Pai, o Filho e o Espírito Santo se conhecem em amor mútuo. Através do conhecimento de Deus, as pessoas são admitidas ao mistério deste amor divino, amando a Deus e sendo amadas por Ele.

Muitas pessoas quando indagadas, respondem: Eu amo a Deus! Esta pode ser uma simples resposta, tradicional e habitual. Pode ser também, uma resposta de quem lê e acha que sabe muito sobre Deus. Aliás, ninguém sabe tudo sobre Deus ou ninguém sabe nada sobre Deus. Nossos pensamentos e conhecimento a respeito de Deus são muito pequenos. Mas, mesmo com toda esta deficiência, não é isto que pesa ou tem valor e importância no relacionamento com Deus.

O conceito aqui inclui a idéia de exclusividade e intimidade e pode ser compreendida como a relação íntima de esposo e esposa, marido e mulher. Não está em pauta nesta oração de Jesus Cristo somente o aspecto abstrato ou intelectual, mas, na prática podemos perceber: aceitação, fé, amor e obediência.

Para que haja crescimento e desenvolvimento deste relacionamento íntimo com Deus é preciso cultivar algumas devoções. Ler Sua Palavra que é viva e eficaz, para que nossos pensamentos sejam cultivados pelos pensamentos de Deus. Viver a prática da Oração, que é o desejo de falar e ouvir a voz Deus, para que a vida tenha segurança nos propósitos do Senhor, e sejamos cultivados e envolvidos pela intimidade de sua voz. Responsabilidade no culto a Deus, que é o desejo de estar junto com os demais filhos de Deus para Cultuar ao Senhor. O culto não deve ser uma mera prática habitual religiosa. O culto é para Deus, não é tão somente a oportunidade de conseguirmos algo para nós mesmos, onde os cultos visam mais o ser humano do que o foco no Deus Eterno. É preciso cultuar a Deus para cultivar a comunhão, a adoração e melhorar ainda mais o relacionamento com intimidade profunda com o Senhor da Glória.

Você está aqui: Devocionais Pr. Sergio Lourenço Relacionamento com Deus