escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

O que o Senhor quer do Ano Novo
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

O que o Senhor quer do Ano Novo

Pr. Sérgio Lourenço

 

"Os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás". (Salmo 51.17)

"Ele mostrou a você, ó homem, o que é bom e o que o Senhor exige: pratique a justiça, ame a fidelidade e ande humildemente com o seu Deus". (Miquéias 6.8)

 

O mundo Pós-Moderno exerce no ser humano um conceito e um pragmatismo de que não se pode perder nenhuma oportunidade. Esta influência social tem provocado na maioria dos homens e mulheres de Deus um entendimento de que toda oportunidade que surge é uma porta aberta pelo Senhor, ou que toda demanda que emerge é um desafio lançado pelo Espírito Santo. E há também aqueles para quem qualquer conversa que lhes aqueça o coração é uma visão de Deus que precisa ser assumida.

Os cristãos que moldam sua vida neste estilo e nesta perspectiva, o mover de Deus acaba se confundindo com o movimento do empreendedor de nossos tempos ou com o anseio insaciável de nossas almas por sermos tidos como pessoas relevantes diante do mundo. Gente assim entende que o mover de Deus sempre as convida para um novo ano de ir, correr, conquistar e vencer. Para estes crentes não existe a possibilidade de o Senhor chamá-los para um novo tempo de ficar, parar, aquietar-se e renovar-se. E envolvidos com este pragmatismo social e mundano e em meio às muitas oportunidades, demandas e desafios e querendo conquistar o mundo, infelizmente, acabam perdendo a própria alma. Pessoas que confundem a ação do Senhor com os desejos de seus próprios corações. E o coração do homem sempre será enganoso (Jeremias 17.9).

Davi era um homem movido por desafios e por constante ímpeto para a ação. Mas em meio às adversidades Davi encontrava tempo para contemplar e refletir sobre Deus, pedindo-lhe que sempre sondasse seu coração. As leituras das orações de Davi no livro de Salmos, indicam um homem rendido ao Senhor que procurava perceber a ação de Deus em sua vida. E em situações que comumente o ser humano tende a ir, correr, conquistar e vencer, Davi se convencia de que seu Deus o impelia a ficar onde estava, aquietar o coração e renovar sua alma. Davi discernia que os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; Davi sabia que Deus não desprezava um coração quebrantado e contrito.

O profeta Miquéias se dirigindo exclusivamente à nação de Israel numa profecia com forte expressão de amargura no falar, reprova toda infidelidade com a qual o povo responde à bondade de Deus. Nesta profecia Deus pergunta: "Meu povo, o que fiz contra você? Fui muito exigente? Responda-me?". E com a mesma expressão o profeta traz em evidência a esperança para esta volúpia de querer realizar muitas coisas e muitas vezes fora da vontade do Senhor, quando na verdade Deus exige somente que pratiquemos a justiça, amemos a fidelidade e sempre andemos humildemente com Ele.

Neste natal e neste novo ano o Senhor nos convida a ficar em sua presença, e ali aquietar nossa mente e renovar nossa alma, concentrar nossas energias na busca de um cuidado especial da nossa comunhão e relação efetiva e íntima com Ele.

Feliz Natal e feliz 2016 a toda família IBEC

Você está aqui: Devocionais Pr. Sergio Lourenço O que o Senhor quer do Ano Novo