escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

O sofrimento que abençoa
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

O sofrimento que abençoa

Pastor Paulo Marcio de Moraes Cirelli

"...pois vocês estão alcançando o alvo da sua fé, a salvação das vossas almas." I Pedro 1.9

Ouvimos a pregação do Dr Russel Shedd baseada na primeira epístola de Pedro 1: 3 a 9, nos mostrando que a fé é protegida e guardada por Deus.

Ouvimos que apesar dos sofrimentos não devemos reclamar. O pregador Spurgeon, sofria de "gota", tinha muita dor. A medicina não conhecia naquela época o alívio para tal sofrimento. No entanto ele não reclamava, pois sabia que a fé era testada e guardada por Deus, para o nosso bem.

Ao retornarmos para casa, edificados pela pregação, lemos o boletim de outra igreja com a seguinte história:

Um humilde ferreiro decidiu consagrar integralmente sua vida a Deus, e então priorizou a oração, a leitura da Bíblia e o testemunho cristão. Passou a agradar o Senhor em tudo, e desde então a sua vida piorou: dificuldades financeiras, surgimento de inimigos, enfermidades, provações diversas.

Um amigo compadecido dele disse: "É muito estranho que, justamente depois que você resolveu se tornar um homem temente a Deus, muitas coisas passaram a ir mal em sua vida ".

O ferreiro respondeu: "Eu recebo nesta oficina o aço que preciso transformar em espadas. Então, primeiro eu aqueço a chapa num calor absurdo até que fique vermelha, e em seguida, sem qualquer piedade, eu pego o martelo mais pesado e aplico muitos golpes até a peça adquirir a forma e a resistência desejada. Depois ela é mergulhada na água fria, e eu refaço esse processo algumas vezes até conseguir a espada perfeita.

Ele deu uma pausa e continuou: "Às vezes o aço não aguenta esse tratamento. O calor, as marteladas e a água fria o enchem de rachaduras, e eu sei que jamais se transformará numa boa lâmina de espada. Então eu simplesmente o coloco num monte que servirá a finalidades menores".

O ferreiro concluiu: "Eu sei que Deus está me colocando no fogo das aflições, que ele tem me martelado com algumas experiências difíceis, mas a coisa que eu mais quero é que ele me conceda resistência até me transformar no que ele deseja. Quero que ele faça o que quiser, mas que jamais me coloque num monte de material reprovado".

Meus irmãos, a pregação do Dr Shedd e a história do ferreiro nos levam às seguintes conclusões:

Deus nos ama e deseja nos transformar em pessoas melhores. Que nenhum de nós desista diante das marteladas da vida e das provas de fogo a que for submetido.

Deus trabalha para sermos obreiros aprovados. É preciso saber que há um sofrimento que abençoa e que Deus não desiste de nenhum de nós.

Deus é bom!

Você está aqui: Devocionais Pr. Paulo M. Cirelli O sofrimento que abençoa