escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Esperança
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Esperança

 

 

Pr. Paulo Marcio

 

Se no ouro pus a minha esperança ou disse ao fino ouro: em ti confio; se me alegrei por serem grandes os meus bens... Jó 31: 24,25

Jó, o protagonista do livro, que segundo a tradição judaica foi escrito por Moisés, ficou conhecido por sua paciência. Sendo que o mesmo se encontra entre os cinco livros, que também de acordo com a tradição, são chamados, com absoluta propriedade, de poéticos e sapienciais: Jó, Provérbios, Salmos, Eclesiastes e Cantares.

Jó, foi um fazendeiro rico que viveu com sua família em Uz. Homem de fé, íntegro e reto, temente a Deus. Jó sofre por conta de uma série de desgraças, ficou sem nada, enfermo e reduzido a uma condição miserável. Apesar disso sua esperança estava em Deus. Rebatia as queixas da esposa perguntando: Temos recebido o bem de Deus e não receberíamos também o mal? Jó 2.10. No mesmo verso, acrescenta a Escritura, a seguinte impressionante declaração: ... em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios.

Como é agradável saber que Deus restaura a visão sempre que necessário, Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem Jó 42.5. Todos precisamos enxergar as coisas de Deus antes de nosso sentir humano. Em algumas situações Deus não muda nossa condição material, mas sempre muda o nosso coração, ver a Deus nos transforma.  Mudou o Senhor a sorte de Jó, ... e o Senhor deu-lhe o dobro de tudo o que antes possuíra. Jó 42-10.

Não dá para refletir em esperança sem lembrar de José no Egito, sem lembrar de Josué, sem lembrar de Rute, sem lembrar de Neemias, sem lembrar de Davi.  Falar de esperança é falar de Jesus, é falar de Salmos, é falar da manjedoura, é falar da cruz, é falar do túmulo vazio, é falar de Pedro, João, Paulo e Barnabé, é falar da Bíblia.

Onde está sua esperança? Numa garrafa? Nas cartas de um baralho? Em números da Lotérica? Na Bolsa de Valores?

John Bunyan (autor de ‘O Peregrino’) disse: "A esperança nunca vai mal quando a fé vai bem". Há esperança sim, quando há fé. Há esperança, quando somos obedientes. Há esperança, quando louvamos a Deus.

Não podemos usar a esperança de Jó, nem de John Bunyan, use a esperança que Jesus lhe dá, use a sua fé.

Natal é esperança, porque lembra o Salvador. Faz que a nossa esperança se torne visível, ao abraçar nossa família, nossos queridos ou até mesmo os desconhecidos.

Devemos através dos nossos atos e testemunhos, fazer com que o nosso "Feliz Natal" seja recebido como: "Há Esperança".

Deus é bom.


Você está aqui: Devocionais Pr. Paulo M. Cirelli Esperança