escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Sementes do Reino
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Sementes do Reino

Pr. Paulo Cirelli

“Lembrem-se: aquele que semeia pouco, também colherá pouco, e aquele que semeia com fartura, também colherá fartamente.” II Co 9.6 – NVI

O crente em várias situações é comparado a diversas coisas e situações bastante interessantes e oportunas, pois ilustram quem somos e como somos usados por Deus. Eis algumas comparações: Pescador de homens; Ouro depurado; Aquele que construiu sobre a rocha; Árvore plantada junto ao ribeiro; Fonte que jorra para a vida eterna; Sementes espirituais.

Estas comparações que se faz com os salvos, aqueles que realmente estão ligados à “videira verdadeira”, mostram através de exemplos práticos do cotidiano que somos usados nestas situações quando estamos cheios do Espírito Santo. Por exemplo:

Estaremos preocupados com as almas perdidas - Rm 10.17; Somos depurados, exatamente como se depura o ouro, metal precioso, para arrancar as impurezas e torná-lo nobre, isto é, puro - Ef 1.4; Estamos construindo sobre a rocha e não sobre a areia. Construindo hoje para colher amanhã e sempre - Mt 7.24; Somos plantados como árvores junto ao ribeiro, cheios de vida - Sl 1; Agimos como fontes de águas purificadoras, águas que verdadeiramente matam a sede - Jo 4.14; Semeamos a terra e os homens com a melhor semente, a palavra do Senhor - Lc 8.11

Semear é obedecer ao “Ide” de Jesus conforme Mt 28.19. O apóstolo Paulo nos convoca a semearmos com abundância, para que a nossa colheita seja abundante. Semear muito – Colher muito.

Uma das formas de sermos semeadores do Reino é colaborarmos financeiramente. É exatamente o que trata os capítulos 8 e 9 de II Coríntios

Lendo os sermões do Rev Hernandes Dias Lopes fui abençoado e instruído a este respeito. Como devemos contribuir?

Em primeiro lugar, devemos contribuir com alegria. II Co 9.7, pois estamos participando do maior projeto que já se estabeleceu nesta terra em todos os tempos: A SALVAÇÃO DE VIDAS PARA CRISTO JESUS.

Em segundo lugar, devemos contribuir com proporcionalidade. I Co 16.9 e II Co 8.13 a 15. A proporção é o melhor dos sistemas para contribuirmos. Não sobrecarrega ninguém. Não sobrecarrega o que tem pouco e também não sobrecarrega o que tem muito. Todos dão na proporção de sua prosperidade.

Em terceiro lugar devemos contribuir com regularidade. Precisamos contribuir regularmente e sistematicamente, pois as necessidades são constantes. A obra missionária é de toda a igreja - II Co 9.10

Em quarto lugar devemos contribuir com sacrifício. Não contribuir apenas com as sobras, mas principalmente com o que é essencial. Devemos dar da nossa riqueza, e também da nossa pobreza, sabendo que Deus é quem multiplica a nossa sementeira - II Co 8.3 a 5; Sl 126.6

Em quinto e último lugar, devemos contribuir com senso de adoração. Toda oferta é como aroma suave e sacrifício aceitável.

A contribuição dos semeadores do Reino não é apenas uma movimentação financeira. Ela desencadeia reflexos no mundo material e espiritual, no céu e na terra.

A contribuição dos semeadores do Reino toca os corações dos homens e toca principalmente o coração de Deus.

A contribuição dos semeadores do Reino não é um peso. Não é apenas algo que oferecemos a Deus, mas acima de tudo, um favor que Deus concede a nós.

Você crê nisso?

Deus é bom!

Você está aqui: Devocionais Pr. Paulo M. Cirelli Sementes do Reino