escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Cristão: A vida cheia de Cristo
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Cristão: A vida cheia de Cristo

Pr. Marcos de Almeida

 

“Tendo purificado a vossa alma, pela vossa obediência à verdade... amai-vos, de coração, uns aos outros... Despojando-vos, portanto, de toda maldade... desejai ardentemente, como crianças recém-nascidas, o genuíno leite espiritual, para que, por ele, vos seja dado crescimento para salvação...” (1 Pd 1.22 a 2.3) 

 

A vida cheia de Cristo é vista na obediência. Obedecer é ser persuadido pela verdade. Devemos ter em mente que, como cristãos, desfrutamos do grande privilégio de sermos salvos, mas, também devemos assumir a grande responsabilidade, a obediência.

A obediência a Deus é uma decisão que vai contra o pecado. Assim, é algo que Deus espera de nós, seu povo. A saber, que nós conheçamos a Sua palavra e a cumpramos de coração. É a obediência por fé. Da fé resulta a obediência. Da obediência vem a santidade.

O santo é diferente das coisas comuns: O Templo é santo porque é diferente de outros edifícios. O dia de repouso é santo porque é diferente dos outros dias. O cristão é santo porque é diferente das outras pessoas. É por isso que tem um destino diferente.

O cristão é salvo para um destino na eternidade. Porém, tem uma tarefa no mundo, a saber, levar a pureza de Deus e manifestar algo do Seu imenso amor.

A vida cheia de Cristo é percebida na reverência. Essa é a atitude mental de quem sempre está consciente de achar-se na presença de Deus. O que é reverente jamais troca de lugar com Deus. Mas, se coloca em total dependência e vive cada momento consciente de Deus.

O cristão vive à sombra da eternidade, ou seja, tem certeza de que um dia haverá o ajuste de contas. É por isso que a vida neste mundo se torna para ele de formidável importância, porque conduz a uma vida além. Essa vida custou nada menos que a vida e a morte de Jesus Cristo. A vida é algo de valor tão inigualável que não pode ser esbanjada ou subestimada, mas sim tem que ser vivida como algo muito precioso. Nenhuma pessoa honrada esbanja aquilo que tem infinito valor humano.

Finalmente, a vida cheia de Cristo é uma vida de amor sincero e constante pelos irmãos, quando se obedece a essa ordem de fazer o bem a todos. O bem tem como base Cristo e Sua Palavra. Não pode haver amor fraternal verdadeiro enquanto existam atitudes nocivas.

Por isso, o cristão deve se despir de toda a malícia desse mundo pagão, de qualquer corrupção, de costumes danosos, de falatórios destruidores, de invejas etc. São coisas que trazem problemas e que destrói o amor fraternal e a unidade cristã. A pessoa que nasceu de novo deve buscar de todo o seu coração: o leite espiritual não adulterado. Assim, como cristãos, temos uma obrigação, nos esforçarmos em todo sentido para sermos merecedores de tanta graça, de tanto amor.

Você está aqui: Devocionais Pr. Marcos de Almeida Cristão: A vida cheia de Cristo