escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Mensageiros de Jesus
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Mensageiros de Jesus

Pr. Marcos de Almeida

Jesus chama os seus discípulos de apóstolos, pois eles eram os mensageiros de Cristo enviados a proclamar seu reino. Estes apóstolos recebem do próprio Jesus, poder para sarar toda classe de doenças.

O Evangelho é direcionado para dar resposta a cada dor e remédio para cada doença. Cremos que não há enfermidade espiritual se não há poder em Cristo para curá-la. ESTE Eis a razão para se alegrar é ter os nomes escritos no céu, pois os nomes dos poderosos, dos grandes da terra, estão soterrados no pó.

Onde quer que estes apóstolos fossem, eles deveriam pregar esta mensagem: "O Reino dos Céus está próximo". Qual o alvo? Pregar para estabelecer a fé, para animar a esperança, para inspirar o amor às coisas celestiais e o desprezo pelas terrenas. Tal Reino estava próximo, para que os homens se preparassem sem demora.

O poder que receberam de Jesus para realizar milagres servia como confirmação de sua penetrante doutrina. Isto não é necessário agora que o Reino de Deus veio. Mostra que a intenção da doutrina que pregavam era curar almas enfermas e ressuscitar os que estavam mortos no pecado.

Aquele que é chamado torna-se embaixador da paz. Agora é servo de Cristo para proclamar o evangelho da graça nas cidades e povos desconhecidos. Tal mensagem não deve furtar os pecadores mais vis.

Jesus dá instruções sobre como agir com os que nos rejeitam. Devemos declarar todo o conselho de Deus. Aos que não querem ouvir a mensagem da graça, se deve demonstrar que seu estado é perigoso. Isto deve ser levado muito a sério por todos os que ouvem o evangelho, para que seus privilégios lhes sirvam somente para aumentar sua condenação.

A advertência de Jesus a seus discípulos é que se preparem para a perseguição. Eles deviam evitar todas as coisas que dessem vantagem a seus inimigos, toda intromissão nos esforços políticos ou mundanos, toda aparência de mal ou egoísmo, e todas as medidas clandestinas. Jesus diz que eles devem sofrer e de parte de quem. Assim, Cristo nos tem tratado de modo fiel, dizendo-nos o pior que podemos achar em seu serviço, e quer que assim nos tratemos a nós mesmos, ao sentar-nos a calcular o custo.

Os momentos de dificuldades virão. O Evangelho não prediz ausência deles. Porém, ao predizer os problemas, Jesus aconselha e dá consolo para os seus quando os momentos de provação chegarem.

É fato que os discípulos de Cristo são odiados e perseguidos como serpentes. Assim, estes discípulos precisam da sabedoria da serpente, mas também da simplicidade das pombas. Perceba que Jesus nos desperta para não trazermos dano a ninguém, e mais, que não tenhamos má vontade contra qualquer pessoa. A busca deve ser de cuidado prudente, porém não devem deixar-se dominar por pensamentos de angústia e confusão. Porém, se acontecer, toda a preocupação, toda a ansiedade, deve ser lançada sobre Deus.

Tais discípulos são chamados para realizar o bem, mais que isto, eles devem simplesmente falar bem. No caso de grande perigo, os discípulos de Cristo podem sair do caminho perigoso, ainda quando não devam sair-se do caminho do dever. Não se devem usar meios pecaminosos e ilícitos para fugir. Se fizerem isto, estarão afirmando que não se trata de uma porta que Deus tenha aberto.

O medo do homem pode colocar uma cilada de confusão que perturba a paz. Tal medo paralizante pode levar a uma armadilha pela qual somos atraídos ao pecado. Portanto, a atitude do discípulo é de lutar em oração. Devemos sempre lembrar que a tribulação, a angústia e a perseguição não podem eliminar o amor de Deus por nós e vice-versa. Se houver temor, que seja a Deus, que pode destruir o corpo e a alma no inferno.

Os discípulos devem apresentar sua mensagem publicamente, porque todos estão profundamente preocupados da doutrina do Evangelho. Cristo lhes mostra porque devem estar de bom ânimo. Seus sofrimentos testemunham contra os que se opõem a seu Evangelho. Deus nos chama para falarmos por Ele, e assim devemos depender inteiramente dEle para que nos ensine o que dizer.

Você está aqui: Devocionais Pr. Marcos de Almeida Mensageiros de Jesus