escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Protesto!
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Protesto!

Pr. Marcos de Almeida

"Aprendam a fazer o bem! Busquem a justiça, acabem com a opressão. Lutem pelos direitos do órfão, defendam a causa da viúva" (Is 1.17)

O protesto tem como objetivo comprovar que está havendo falta do compromisso assumido e ausência de verdade com uma causa justa. É também manifestação de expressão pública que reage de modo solidário contra ou a favor de determinado evento. O protesto não deve fazer uso de violência, mas de declaração da verdade contra a mentira ou do bem contra o mal.

Estamos vivendo dias marcantes em nossa história nacional, cujas passeatas são o clamor contra os abusos sutis de um sistema corrompido. A opinião pública deve ser ouvida diante da adesão em massa. Entendemos que, aprendido as lições de civilidade e respeito, deve-se promover o diálogo com o fim de encontrar soluções, uma vez que nossa nação enfrenta grandes problemas.

A liberdade de expressão e o direito de protestar são temas que atraem a maioria das pessoas, pois em cada ser humano há o senso de justiça. Assim, o que vivemos nestes dias não é mera causa contra mais um aumento, mas é pelo direito de protestar contra injustiça social. A causa justa é mais que protesto pelo protesto, mas é o requerer que se cumpra os deveres estabelecidos.

Isaías em seu tempo também clamou: "Removam suas más obras para longe da minha vista! Parem de fazer o mal..." (Is 1.16). Esta é a natureza da religião que Deus espera de cada um de nós. Tiago reforça o princípio: "A religião que Deus, o nosso Pai, aceita como pura e imaculada é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se deixar corromper pelo mundo" (Tiago 1.26-27).

As ofertas úteis a Deus estão ligadas a remover as más obras para longe da vista de Deus! A injustiça é uma prática de vida que avança sutilmente e piora com a omissão. Sabemos que o sistema está corrompido, que a maldade passeia pelos corredores da sociedade impunemente.

Assim, este texto do profeta mostra o que Deus pensa da injustiça. O que estiver em nossas mãos para defender uma causa, façamos com base na justiça. Podemos lembrar das palavras do rei Josafá: "Considerem atentamente aquilo que fazem, pois vocês não estão julgando para o homem, mas para o Senhor, que estará com vocês sempre que derem um veredicto. Agora, que o temor do Senhor esteja sobre vocês. Julguem com cuidado, pois o Senhor, o nosso Deus, não tolera, nem injustiça, nem parcialidade e nem suborno" (2Cr 19.6-7).

Devemos ter em mente que Deus não tem prazer na injustiça, porque com Ele "o mal não pode habitar" (Sl 5.4). Todo cristão entende que Deus não convive com a injustiça. Por isso, todos nós devemos ser tão sérios quanto Ele é neste aspecto. Amém.

Você está aqui: Devocionais Pr. Marcos de Almeida Protesto!