escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Avivamento
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Avivamento

Pr. Luciano Alves Silva

"Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração." (Jr 29.13)

Quem precisa de avivamento hoje em dia? Acho que ninguém. Aliás, ninguém mesmo, alguém diria. Com tanta tecnologia, dá até pra assistir ao culto que se quiser, de noite, de dia e sem sair de casa. Escolhendo ainda ou pastor que grita, ou a música bonita, ou ainda aquelas coisas que fazem a plateia chorar. Avivamento é coisa do passado. Quem de fato sabe o que é estar avivado hoje em dia?

Algumas igrejas e crentes sem noção pensam que avivamento é aquela coisa de decolar do chão, falar línguas em profusão e profetizar insanidades sem dimensão. Outros entendem o avivamento como alguma coisa da época dos apóstolos. Coisa estática no tempo. Cristalizada na história. Avivamento, para estes, é só memória. Eu sou crente há tanto tempo. Mas, às vezes, parece que já fui melhor. (Vale ressaltar que aqui relembro isso sem aquele saudosismo empoeirado); pois, penso que já vivi coisas melhores com o Senhor.

Não estou dizendo que não me sinto salvo. Nem que a vida hoje não é boa. Não! Antes estou afirmando que não sinto mais tanta fome como outrora, nem a sede como em dias passados. A Palavra é lida. A oração é feita. Mas, se não fossem, que falta fariam? Parece que a gente não se sente mais na vereda estreita. E sei que essa experiência não é somente minha.

Eu penso que a necessidade de um avivamento é revelada por sintomas que emergem da alma. Quanto mais fome e sede de Deus, quanto mais anseio por Sua presença, quanto mais desejo por coisas fundas vividas com Ele outrora. Sim, é essa angústia santa que revela uma saúde boa. Eu sei que preciso de um avivamento, quando as águas do meu poço já, há tempos, não se agitam mais. Eu sei que preciso de um avivamento quando a chama que deveria queimar no peito pelos perdidos, se resume num pavio a fumegar. Eu sei que preciso de um avivamento quando o doente, o angustiado, o deprimido se passa despercebido diante de mim.

Nesses tempos de tanta tecnologia, de tantas facilidades dia-a-dia, de tantas coisas sem as quais viveríamos tão bem, eu diria: Precisamos de um avivamento também! Sim! Um avivamento que causasse em nós confissão e abandono de pecados; que nos angustiasse por aqueles que estão indo ao inferno, a passos largos; que nos fizesse proclamar a plenos pulmões: Arrependei-vos e crede no evangelho, pois logo o Salvador virá!

Enfim, quem precisa de um avivamento? Talvez, eu mais do que ninguém. Eu preciso de um avivamento para não deixar essa chama do Espírito morrer; eu preciso disso, mais hoje que ontem e ainda mais amanhã precisarei. Eu preciso porque ser avivado é amar. E como a gente precisa que a nossa vida, mais intensamente, se consuma nesse altar!

Você está aqui: Devocionais Pr. Luciano Alves Avivamento