escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Solus Christus
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Solus Christus

 

Pastor Luciano Alves

Somente Cristo - João Calvino, o sistematizador das chamadas Doutrinas da Graça (depravação total, eleição incondicional, expiação limitada, graça irresistível e perseverança dos santos), entendia que a natureza humana, em relação às coisas dessa terra, graças aos seus dotes naturais, era criativa, perceptiva, capaz de realizações realmente notáveis; mas em relação às “coisas do Alto” era corrupta, impotente e incapaz de dar o menor passo em direção à sua salvação. E que para se entender verdadeiramente a natureza humana não deveríamos olhar nem para os filósofos, nem para nós mesmos, nem para o Adão em sua condição pré-queda. Em vez disso, Calvino apontava para Jesus Cristo, o Verdadeiro Humano, em quem podemos ver a restauração de nossa natureza corrompida. (Institutas I, XV, 4)

Ele insistia que os homens deveriam conhecer a Cristo, o que não significava um conhecimento meramente intelectual, mas, sobretudo, experiencial; não era apenas estudar suas naturezas e capacidades, mas sim conhecer seus benefícios. E a palavra que ele mais usava em relação a Cristo era “mediador”.  Ele afirmava que “mesmo que o homem houvesse permanecido livre de toda mancha, sua condição, entretanto, era abjeta demais para que se achegasse a Deus sem um mediador”.

Fato é que a graça comum possibilita que todos os homens tenham o mínimo de paz e alegria para viver. Deus é tão bom que mesmo os incrédulos podem passar por essa vida desfrutando minimamente de alegrias em sua alma. (Atos 14.17) O problema é que este não será feliz porque haverá momentos de alegria misturados aos de dor, sem o consolo do Espírito Santo e a esperança eterna. Somente Cristo pode garantir ao homem esse consolo e esperança. E um saber que não levará a uma experiência com Ele é pouco proveitoso; qualquer um pode conhecer bastante a respeito de Cristo, mas nunca ter provado dele. Noutras palavras, o Cristo da academia pode não ser o mesmo Cristo do dia-a-dia.

O apóstolo João diz: (...) o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que temos contemplado, e as nossas mãos tocaram da Palavra da vida (...) isso vos anunciamos, para que também tenham comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo. (1 João 1:1-3)

Enfim, diferentemente de muitos dos seus seguidores e admiradores, Calvino entendia que o principal era ter uma experiência com Cristo e não, apenas, conhecer a respeito dele. E este é o grande desafio de todos nós: juntar essas duas realidades para se manter saudável: conhecê-lo através das Escrituras, literaturas e testemunhos, mas também, conhecê-lo profundamente dentro do nosso próprio coração. Que Deus nos ajude.

 

Você está aqui: Devocionais Pr. Luciano Alves Solus Christus