escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Habitando no amor
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Habitando no amor

Marco Soares

"Deus é amor. Quando passamos a habitar permanentemente no amor, .... vivemos em Deus e Deus vive em nós. ..." (1 João 4.17 - Bíblia a mensagem)

 

Numa destas manifestações que tivemos atualmente, li em um dos muitos cartazes a seguinte frase: "O AMOR É UM DIREITO DE TODOS". O amor ao qual este cartaz se referia, era a percepção humana, sentimental e jurídica do amor, também válida em certa medida, mas egoísta, pois deseja apenas ser amado, entretanto nem sempre se preocupa em manifestar o seu amor em atos.

No contexto social podemos entender o cartaz como o desejo de inclusão daquele que se sente marginalizado. Sendo a pauta o desejo de ter direito a justiça exercida pelas instituições como proteção, a melhoria do atendimento público na área da saúde, a escola bem cuidada, que oferece uma educação de qualidade àqueles que deveriam ser incluídos no mercado de trabalho, com a possibilidade de ter ascensão profissional, aumentando assim o seu rendimento familiar e ainda outras etc.

Esta manifestação de amor na esfera social, é universal, e, todos realmente tem direito a ser 'incluídos'. Mas o "Amor" é muito mais do que isso, a Bíblia afirma que "Deus é amor". Nós somos bem aventurados quando compreendemos a dimensão desta realidade para nossas vidas.

Deus nos procurou, nos conquistou com o Seu amor. Resolveu o nosso problema espiritual, com a morte e ressurreição de Jesus. Em um momento em que não poderíamos buscar a Deus e nada tínhamos a oferecer, Ele se manifestou e nos trouxe paz. Lembrando-me do momento em que vi aquele cartaz recordo que a abordagem da presente reflexão, não era em absoluto, a pauta daquela reivindicação, e nem poderia ser. Pois aquele amor solicitado é a parte aparente de um Deus invisível. Para o ser humano é impossível conhecer o amor de Deus se antes não lhe for revelado, ao experimentar este amor em sua própria vida (1 João 4.19).

Assim, 'habitar permanentemente no amor', significa um fluxo de expressões de amor, como um rio. Ao receber este amor, de Deus, oferecemos o mesmo ao nosso próximo, mostrando o quanto Deus se importa também com eles. Os direitos sociais são legítimos e desejados. Mas o amor não é um direito, antes é o próprio Deus.

Como cristãos, pela graça temos acesso a este amor. E somos chamados para evidenciar o amor de Deus em nós, ao exercer justiça, perdão, amabilidade dentro de nosso círculo de convivência, enfim que nos tornemos melhores cidadãos! Que as reivindicações que se fazem ao governo, não sejam apenas a cobrança hipócrita feita por uma sociedade corrupta.

A partir de minhas atitudes, #mudaBrasil.

Você está aqui: Devocionais Marco Antonio Soares Habitando no amor