escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Tu me satisfaz!
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Tu me satisfaz!

 

Marco Soares

Salmo 119.57-64

O Salmo 119 é um poema acróstico, ou seja, cada primeira letra da palavra inicial segue a sequência do abecedário hebraico. Além desta curiosidade, este salmo muito tem a nos ensinar e influenciar. Ele começa assim: Tu me satisfazes, ó Eterno ...”.

Este trecho, em tempos de grandes apertos, nos propõe um viver satisfeito! Mas como viver assim? No trecho citado na tradução começa com “O Senhor é a minha porção!”. Para aquela sociedade agrícola o que era mais importante? Terra para plantar, terra para erguer uma moradia! Este é o significado desta palavra, um lugar que trará suprimento e segurança é esperado, desejado. Mas, o Salmo apresenta o Senhor como sendo o suprimento, mesmo que humanamente as coisas talvez não estejam bem, uma certeza nós temos, que Ele supre as necessidades.

Nossa grande preocupação não deveria ser as nossas ausências, aquilo que não temos, as ausências humanas. Mas, buscar a satisfação em Deus em meio a estas ausências nos ensina sobre fé e graça. O salmista escreve: “Eu me levantei no meio da noite para te agradecer: tuas decisões são corretas e verdadeiras — mal posso esperar pela manhã!” (vs. 54-55). Perceba que o desânimo não está presente aqui! Existe uma expectativa por aquilo que Deus está por fazer, a certeza de Seu melhor caminho para nós.

Quando estamos satisfeitos em Deus nossos caminhos são aplainados! Nossos caminhos fúteis perdem o suposto valor, pois temos algo vividamente precioso. Quando eventualmente erramos, o distanciamento do prazer em Deus nos traz de volta, de acordo com o salmista: “Observo teus caminhos com mais cuidado, e meus pés retornam para a trilha que marcaste.” (v. 59).

Finalmente:  “... Treina-me para viver segundo o teu conselho.” (v. 64). Todo este processo jamais acontecerá à parte do relacionamento de igreja.  O treinamento aqui me faz pensar em uma disciplina comunitária e a necessidade que temos de ter orientação e cumplicidade no viver. Este processo se dá de forma natural em um café, um almoço, uma oração, uma dificuldade vencida a dois, e por conta dos erros humanos uma resolução de perdão recebido ou oferecido também se tornam parte desta jornada.

Quando afirmamos que Deus satisfaz, qual será o resultado? “Teu amor ó Eterno enche a terra! ...” (v. 64), existem mais motivos para o louvor a Deus, do que para a nossa murmuração.  Que este conceito, através do treinamento cristão, possa ser vivo para nós e ser transmitido também a outros para os quais então seremos exemplos.

Assim seja!

Textos bíblicos extraídos da Bíblia A Mensagem

Você está aqui: Devocionais Marco Antonio Soares Tu me satisfaz!