escort ankara bayan escort bayan ankara escort bayan bayan escort ankara escort bayan ankara

Rios de água viva fluirão do seu interior!
 

  • Full Screen
  • Wide Screen
  • Narrow Screen
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Rios de água viva fluirão do seu interior!

 

Ivelise Cagliari de Almeida

“Quem crer em mim...” (Jo 7.38)

 

Você sabe quem disse isso e em qual circunstância? Se não sabe deveria se perguntar se realmente é discípulo de Jesus. Mas, se é discípulo, certamente está vivendo essa experiência a ponto de influenciar outros a desejarem os Rios de água viva.

Jesus já iniciara seu ministério e despertara a oposição dos líderes judeus que já planejavam matá-lo (Jo 7.1-13). Por isso, estava na Galileia aguardando o melhor momento para ir à Jerusalém por ocasião da Festa dos Tabernáculos. O povo estava em polvorosa para conhecê-lo, pois era o assunto do momento: será que esse Jesus é bom mesmo ou um enganador?

Ao chegar lá Jesus não queria despertar a atenção dos líderes religiosos no Templo, então ensinava discretamente. Muitos se maravilharam pois Jesus não tinha frequentado as escolas rabínicas, mas embasava seu ensino dizendo tê-lo recebido do Seu Pai, pois não procurava sua própria glória, mas a glória daquele que o enviou (Jo 7.18). O espanto e encanto se misturavam, pois Jesus dizia que o seu ensino era de Deus. Mas, como esse homem sabia o que o próprio Deus pensava?

Seus inimigos enviaram os soldados para prendê-lo, mas ao ouvirem Seus ensinos não tiveram coragem e ainda disseram: “Jamais alguém ensinou como esse homem” (Jo 7.46). Então, no último dia da festa Jesus faz algo surpreendente que só faz sentido se soubermos alguns detalhes dessa festa. No amanhecer dos primeiros sete dias da festa havia uma procissão que saia do tanque do Siloé com um jarro de ouro, com água desse tanque para ser derramada no sacrifício matinal do templo. Essa água simbolizava a chuva que trouxera a colheita farta, pela qual estavam agradecendo. Mas, no oitavo dia não pegavam dessa água aguardando que Deus enviasse novas chuvas, novas bênçãos no ano que estava iniciando.

Por isso, faz todo sentido Jesus se levantar no oitavo dia e dizer: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba” (Jo 7.37). Ele era a Fonte das águas vivas, a fonte de todas as bênçãos: “Quem crer em mim, do seu interior fluirão rios de água viva”. Trata-se da água da vida que sai do trono de Deus (Ap 22.1).

Então, a água da vida sai da Jerusalém terrena, ou seja, da morada de Deus em vidas que lhe são consagradas, dos corações onde o Espírito Santo habita, o que aconteceu no capítulo 20 quando Jesus soprou sobre os discípulos e disse: “recebei o Espírito Santo”. Somos a morada do Altíssimo: “Porque assim diz o sublime que habita a eternidade: Habito no alto e santo lugar, mas habito também com o contrito de coração para o vivificar...” (Is 57.15). Esse rio está fluindo do seu interior?

Você está aqui: Devocionais Ivelise Cagliari Rios de água viva fluirão do seu interior!